GUERRA DO VELHO | JOHN SCALZI

Guerra do Velho

Guerra do Velho estava na minha estante há algum tempo esperando o melhor momento para ser lido. O momento chegou e com ela a descoberta de um grande autor. O título sugeria que a leitura poderia ser uma releitura do passado, uma espécie de luta contra os demônios da Guerra de um soldado com traumas psicológicos.

O fato é que foi totalmente oposto e trouxe uma surpresa agradável. A obra remonta a história de John Perry que se alista no exército após se reconciliar com amigos, conversar com o filho e visitar o tumulo da esposa.

O inacreditável é que John Perry se alista com 75 anos e isso é um fato absurdo considerando a sua idade, afinal, fisicamente seria, praticamente, impossível um soldado lutar numa guerra com essa idade. Talvez a sua experiência de vida serviria para atuar em alguma unidade que não fosse necessário usar a força bruta.

É uma época na qual as viagens interestelares tornaram-se possíveis, porém, o treinamento militar sugere que as viagens não são para locais pacíficos. As Forças Coloniais de Defesa organizam esses treinamentos e escolhem os soldados que lutarão nas guerras desconhecidas. Por que escolher pessoas com 75 anos?

“Esse é um dos motivos pelos quais as FCD selecionam idosos para se tornarem soldados. Não é porque vocês todos estão aposentados e são um peso para a economia. É também porque vocês já viveram o bastante para saber que há mais na vida do que a própria vida. A maioria de vocês criou famílias, teve filhos, netos, e entende o valor de fazer algo além de seus objetivos egoístas. Mesmo se nunca se tornarem colonos, ainda vão reconhecer que as colônias humanas são boas para a raça humana, algo pelo qual vale a pena lutar. É difícil enfiar esse conceito na cabeça de alguém com 19 anos. Mas vocês são experientes. Neste universo, o que conta é a experiência.”

Os seres humanso não tem ideia do que acontece nas colônias e nem imaginam as lutas que acontecem com alienígenas dos mais variados tipos e culturas. Essas culturas são carregadas de ideais militaristas e soa em alguns momentos como uma crítica.

Guerra do Velho lembra muito a obra de Robert A. Heinlein, Tropas Estelares, cuja obra John Scalzi é fã. Há muita tecnologia envolvida na obra e uma das que achei muito interessante é o brainpalm uma espécie de computador ligado ao cérebro que oferece recursos importantes para as batalhas. O brainpalm lembra o filme Jonny Mnemonic de 1995.

DNA do autor

John Michael Scalzi II nascido em 10 de maio de 1969 é um escritor de ficção científica, editor e crítico de cinema. Ele é conhecido pela série Guerra do Velho cuja série foi indicada ao prêmio Hugo Award. Mora em Ohio, nos Estados Unidos, com a esposa, filha e alguns pets de estimação.

Obra

Título: Guerra do Velho

Autor: John Scalzi

ISBN-13: 9788576572992

Páginas: 368

Editora: Aleph