A Revolução dos Bichos – George Orwell

Sinopse:

Escrita em plena Segunda Guerra e publicada em 1945 depois de ter sido rejeitada por várias editoras, “A Revolução dos Bichos” é considerada uma das mais extraordinárias fábulas sobre o poder que a literatura já produziu. Com críticas ácidas e sátiras ferozes ao regime de Stálin, o livro narra a saga dos animais da Granja do Solar, que se rebelam contra seus donos e tomam posse da fazenda onde vivem. O objetivo dos bichos é instituir um sistema cooperativo e igualitário, sob o slogan “Quatro pernas bom, duas pernas ruim”. Mas não demora muito para que alguns “companheiros” – em particular os mais inteligentes, os porcos – voltem a usufruir de privilégios, reinstituindo aos poucos um regime de opressão, agora inspirado no lema “Todos os bichos são iguais, mas alguns bichos são mais que os outros”. Atemporal e com narrativa engenhosa, a obra fornece uma visão pessimista e perturbadora da política e dos homens que a praticam.

 

A relação entre Porco e Stalin

George Orwell é pseudônimo de Eric Arthur Blair, pasmem, é isso mesmo. Nasceu no dia 25 de junho de 1903 e é conhecido pelas obras 1984 e A Revolução dos Bichos que foi publicado no ano de 1945.

A Revolução dos Bichos é uma fábula escrita em meados da Segunda Guerra Mundial e tinha a função de satirizar a ditadura Stalinista que impôs uma grande reorganização social na antiga União Soviética provocando fome e genocídio causando milhares de mortes.

A fábula se passa na fazenda Granja Solar onde o seu proprietário, Sr. Jones, é um beberrão que está passando por dificuldades financeiras. Lá ele maltrata os animais da fazenda impondo-lhes grande sofrimento.

Um porco chamado Major teve um sonho no qual via grandes mudanças para os animais que viviam na fazenda e, numa noite relata em detalhes os seus planos para o futuro. É bom salientar que o porco Major representava os ideais de Karl Marx.

Karl Marx foi um intelectual alemão e pai da doutrina comunista que afirma que as sociedades avançam por meio de luta de classes numa espécie de conflitos entre a classe burguesa e o proletariado. Apesar da morte do porco Major os seus ideias continuaram, no entanto, os porcos Napoleão que representava Stalin e Bola de Neve que representava Trotsky seguiam com esses ideais.

Stalin foi um ditador que impôs a antiga União Soviética a consolidação de seu poder por meio de uma política que visava a expulsão de opositores ao seu governo. Utilizava-se da máquina estatal para deportar grupos étnicos de forma grosseira e desumana.

Trotsky foi um opositor de Stalin. Foi um intelectual marxista cujo desempenho foi importante para a União Soviética. Organizou o exército vermelho, bem como foi fundador do Partido Comunista da União Soviética.

Na trama de Orwell, os porcos vão assumindo o papel de dominação, antes exercido pelo senhor Jones, e impõe aos outros animais uma ditadura exercida pelos seus líderes. Essa obra remonta o que aconteceu na antiga União Soviética onde Stalin substituiu o poder do proletariado pelo poder do partido comunista.

Os porcos são tomados pela ambição e o desejo pelo poder aumenta  e a semelhança com os antigos proprietários da fazenda são visíveis. A partir daqui vale uma reflexão sobre a obra. O poder corrompe o homem?

Eu gostei muito do livro, pois você aprende o que foi a relação de Stalin com a União Soviética e sucinta uma vontade de pesquisar sobre os fatos ocorridos. Numa palestra que ouvi do Professor Leandro Karnal ele mencionou que a União Soviética foi um estado ateu.

Nunca entendi o motivo, porém, na pequena pesquisa que fiz, descobri que Stalin propagava o ensino ateu nas escolas por entender que a religião era o ópio da humanidade. Em poucas páginas descobre-se como foi o comunismo na União Soviética e no resto do mundo. Obra Recomendadíssima.

Filme: A Revolução dos Bichos

 

Notas do Autor

George Orwell nasceu no dia 25 de junho de 1903 e morreu em Londres no dia 21 de janeiro de 1950. Suas obras são marcadas pelas experiências que extraiu nos campos políticos e profissionais.

Foi soldado, livreiro, lavador de pratos, jornalista e professor. Considerado o melhor cronista do século XX.

 

Ficha Técnica:

Título: A Revolução dos Bichos
Subtítulo: Um Conto de Fadas
Autor: George Orwell
Tradução: Heitor Aquino Ferreira
Editora: Companhia das Letras
Edição: 1
Ano: 2007
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 152 páginas
ISBN: 978-85-3590-955-5
Papel e impressão (miolo): Offset sobre papel pólen bold
Peso: 230g
Dimensões: 210mm x 140mm

 

Fontes de conhecimento

http://educacao.uol.com.br/resenhas/a-revolucao-dos-bichos.htm

http://pt.wikipedia.org/wiki/Karl_Marx

http://pt.wikipedia.org/wiki/Leon_Tr%C3%B3tski

http://pt.wikipedia.org/wiki/Josef_Stalin

http://pt.wikipedia.org/wiki/George_Orwell

http://www.ovendedordelivros.com.br/2013/07/resenha-a-revolucao-dos-bichos-de-george-orwell.html

 

Boa leitura.