RESENHA | Cama de Gato de Kurt Vonnegut

Cama de Gato

Há alguns dias li Cama de Gato do escritor Kurt Vonnegut e a leitura está reverberando na minha cabeça pela quantidade de críticas que o autor fez em relação a alguns temas. O livro traz o personagem Jonah um escritor que decidiu escrever sobre o dia em que a bomba atômica foi usada.

A primeira bomba atômica foi lançada pelos Estados Unidos no dia 06 de agosto de 1945 às 08h15 através da aeronave B-29 na cidade de Hiroshima matando em pouco tempo 70 mil pessoas. A potência da bomba era de 13 mil toneladas de TNT.

A busca de Jonah encontra o pai da bomba, o falecido cientista Felix Hoenikker (nome fictício), cuja história foi narrada pelos filhos e colegas cientistas da época. Nessa busca o escritor Jonah encontra a passividade do ser humano em meio ao caos produzido pela bomba.

O escritor entrevista os filhos de Hoenikker e percebe que eles tiveram um problema sério de relacionamento com o pai . Na pesquisa para o livro é levado para um país caribenho e lá encontra a pobreza e uma religião proibida. O rumo do escritor se altera e outras questões são abordadas.

O autor entrelaça aspectos como religião, filosofia e ciência para desnudar o ser humano e as suas perversidades frente ao caos que é o mundo moderno. O que me chamou muito a atenção foi o uso da religião como instrumento de dominação e isso propõe, da minha parte, muitas reflexões.

É notório que na atualidade a religião é usada para ganhos próprios de alguns frente a fragilidade do fiel. Foi impossível pra mim não pensar a respeito quando li a obra de Vonnegut, mas não é só isso que livro aborda, traz muitas críticas ao homem.

A leitura é simples, porém, com profundidade em assuntos polêmicos, como a religião, vale a pena suspender os paradigmas e se despir de qualquer preconceito para mergulhar numa leitura saborosa.

 

DNA do autor

Nascido no dia 11 de novembro de 1922 em Manhattan, foi escritor com vários romances e peças de teatro. Na faculdade cursou Química e logo se alistou no Exército para lutar na Segunda Guerra Mundial. Foi prisioneiro de guerra o que certa forma influenciou a escrever o livro Matadouro 5, sua obra mais famosa.

O autor morreu no dia 11 de abril de 2007 após uma queda sofrida em sua residência em Manhattan. Em Indianápolis encontra-se o museu Vonnegut com os pertences do escritor, suas divisas militares. É considerado um expoente do século XX.

 

Cama de Gato: ciência, política e fim do mundo

.

.

Capa

cama-de-gato-kurt-vonnegut RESENHA | Cama de Gato de Kurt Vonnegut

 

Título: Cama de Gato

Autor: Kurt Vonnegut

ISBN: 9788576573876

Páginas: 288

Editora: Aleph

Nota Skoob: 4,1

 

 

 

Via

wikipedia

 

 

Comments

comments