O Demônio e a Srta. Prym

Ganância: Natureza humana ou não?

“O Demônio e a Srta. Prym” (Editora Planeta, 2006, 192 páginas), do consagrado escritor Paulo Coelho traz uma história ambientada na pequena cidade de Viscos.

Com todas as características de uma cidade pequena onde todos se conhecem uma reflexão paira no ar: O Homem é bom ou mau?

Será que a ganância humana é inerente a sua natureza?

Chantal Prym vive nessa cidade e como todo jovem, sonha em ter dias melhores, porém, as oportunidades não batem a sua porta, por isso, resolve largar os estudos e trabalhar num hotel para custear sua pobre vida.

A sua chance de mudança aparece quando um homem desconhecido oferece uma recompensa valiosa e, para isso, alguém terá que morrer. Os moradores da pequena Viscos recebem a mesma oferta e todos terão que enfrentar seus demônios e a tentação de cometer algo ruim.

Eu já ouvi muitas críticas negativas sobre Paulo Coelho e nunca entendi o real motivo sobre elas, pois ele é um escritor de sucesso e com várias obras traduzidas para outros idiomas. Na faculdade meus professores odiavam falar sobre as obras de Paulo Coelho.

Eu confesso que sempre fiquei com dúvidas a respeito sobre suas obras contaminado por tantas críticas, porém, um dia arrisquei e O Demônio e a Srta. Prym apareceu na minha vida e adorei. É uma obra que possui uma linguagem simples e que favorece muitas reflexões.

Será que a ganância humana é inerente a sua natureza?

Você acha que o ser humano é bom ou mau?

Notas sobre o autor

Nasceu no dia 26 de agosto de 1947 e desde jovem gostava de escrever. Seu pai preferia que ele fosse engenheiro e sua mãe não queria que ele fosse escritor. Em 25 de julho de 2002 foi eleito para a Acadêmia Brasileira de Letras.

Obras

 

Fontes de conhecimento

 

Wikipedia

 

Boa Leitura