Estudo comprova que ler mais altera a estrutura do cérebro

Hábito de leitura traz benefícios para o cérebro

Córtex Temporal Esquerdo, pois é, termo difícil, porém, para os amantes de livros benefícios importantes para o cérebro. Um estudo comprova que ao ler mais o cérebro sofre alterações importantes.

Um estudo promovido pela Universidade  Emory University, nos Estados Unidos, comprovou que ler mais pode alterar a estrutura do cérebro, ou seja, o Córtex Temporal Esquedo. A pesquisa foi baseada no comportamento do cérebro durante a leitura. Os pesquisadores Gregory S. Berns, Kristina Blaine, Michael J. Prietula e Brandon E. Pye realizaram análises em grupos diferentes de leitores a fim de comprovar seus estudos.

Os estudos realizados usaram estudantes da Universidade divididos em grupos que misturavam romances com os livros técnicos e outro grupo com apenas livros de seus cursos. O resultado foi surpreendente, pois os alunos que cultivaram o hábito de ler diferentes obras desenvolveram uma alta conectividade no córtex  temporal esquerdo diferente daqueles que leram apenas livros técnicos.

O córtex temporal esquerdo, responsável pela linguagem, é responsável por conectar ideias com as sensações que as palavras representam. Para os leitores que leem diferentes textos a sensação que as palavras permitem é muito maior para aqueles que leem apenas um tipo de leitura.

Portanto para aqueles que amam a leitura os benefícios que se obtêm são inúmeros, por isso, fazer da leitura um hábito é uma forma de cuidar da saúde.

 

Benefícios da Leitura para o Córtex Temporal Esquerdo

Portanto, ler é um caminho para encontrar respostas que permeiam a sociedade que vivemos. Uma experiência fantástica capaz de transformar sua vida. A experiência de leitura é ganha de forma gradativa e para isso ler aquilo que mais lhe agrada é o melhor caminho para os leitores menos experientes. Não caia na cilada de começar ler os grandes clássicos. Comece pelo que lhe oferece prazer e aos poucos procure novas experiencias.

 

Leitura é fonte de vida, aproveite-a.

 

Fonte: Universia