Sarau das pretas divulga a intolerância religiosa no mês de novembro

Sarau das Pretas: Quem é do asé é de paz

Sarau das Pretas apresenta o espetáculo Quem é do asé é de paz composta por 16 eventos durante o mês da Consciência Negra

Organizada em 16 eventos, durante o mês de novembro, o Sarau das Pretas apresenta o espetáculo Quem é do asé é de paz que trata do tema intolerância religiosa. As apresentações são gratuitas e remetem ao Dia Nacional da Consciência Negra.

O Sarau das Pretas percorrerá as unidades do Sesc, capital e interior de São Paulo, bem como terá um ciclo de oficinas no Sesc Pinheiros através do projeto Sarau das Pretas: Juventude em FormAçÃo. Contará também com a participação da IV Mostra Cultural do Novembro Negro da Secretaria Municipal de Educação da cidade de São Paulo.

Organizado em março de 2016 pela poetisa Débora Garcia, o coletivo é composto por Elizandra Souza, Jô Freitas Thayaneddy Alves e Taissol Ziggy que destacam o dia 20 de novembro como um evento importante para o calendário político e cultural da comunidade negra brasileira.

“É nesta data que encontramos espaço para falarmos de nossa história e das nossas pautas. O mês de novembro é para relembrar o legado de Zumbi dos Palmares e de todas as negras e negros que lutaram por nossa liberdade. É o mês em que temos a oportunidade de ocupar diversos espaços sociais e elucidar as diversas questões sociais que assolam a população negra no Brasil e no mundo. É um mês para colocarmos nosso trabalho na rua e mostrarmos todo o nosso potencial criativo, artístico e intelectual. É um mês para problematizar e afirmar que precisamos falar sobre a questão racial no Brasil nos demais meses do ano e que artistas negros precisam também de trabalho nos outros 11 meses”, pontuaram.

 

Pretas em Marcha: Quem é do asé é de paz

Pretas em Marcha é um trabalho coletivo e itinerante cujo propósito e anseio é ocupar todos os espaços sociais de forma coletiva, afinal, não existe uma Marcha solitária.

“Marchar significa um caminhar movido por objetivos comuns. Por isso esse nome, pois queremos que todas e todos marchem conosco”, afirmou a poetisa Thata Alves.

Por isso a proposta do coletivo é organizar eventos anuais com temáticas diferentes. Escolhido o tema a mobilização é pautada durante o mês de novembro. No ano de 2016 o tema escolhido homenageou a líder quilombola Tereza de Benguela.

Para 2017 o tema escolhido foi Quem é do asé é de paz que retrata a violência de cunho físico, moral e patrimonial, sofrida pelas religiões de matrizes africanas, bem como seus membros.

“O cenário é muito preocupante e tem se acirrado com o fortalecimento e articulação de segmentos conservadores e de extrema direita em nosso país. Os ataques às comunidades tradicionais de matrizes africanas têm se tornados explícitos e cada vez mais violentos. Queremos com essa temática chamar a atenção para essa situação, para que ela não se naturalize”, destacou a criadora do coletivo, Débora Garcia.

 

Agenda completa

Data: 19/11       Horário: 16h00        Local: E.E Armando Dias – Jundiaí/SP

Data: 25/11      Horário: 16h00         Local: SESC Bauru/SP

https://www.sescsp.org.br/programacao/138978_SARAU+DAS+PRETAS

Data: 30/11     Horário: 20h30          Local: SESC Belenzinho/SP

https://www.sescsp.org.br/programacao/136906_SARAU+DAS+PRETAS

Sarau das Pretas: Juventude em FormAção

Ciclo de oficinas – SESC Pinheiros

https://www.sescsp.org.br/programacao/136258_SARAU+DAS+PRETAS+JUVENTUDE+EM+FORMACAO

 

IV Mostra Cultural do Novembro Negro-2017 Secretaria Municipal de Educação/SP

Espetáculo em homenagem à Carolina Maria de Jesus

Data: 24/11     Horário: 13h00      Local: CEU Caminho do Mar – Zona Sul/ SP

Espetáculo Quem é do asè é de paz

Data: 27/11    Horário: 19h00    Local: CEU Rubi – Zona Sul/SP

Oficina de Sarau

Data: 28/11    Horário: 19h00   Local: DRE Campo Limpo – Zona Sul SP

 

Via

Sarau das Pretas