RESENHA | House of Cards de Michael Dobbs – Editora Benvirá

House of Cards de Michael Dobbs

A série House of Cards da Netflix é um sucesso para o público brasileiro e não é pra menos, afinal, estamos em plena crise política com cenas memoráveis no cenário político brasileiro.

O que poucos sabem é que a famosa série House of Cards é baseada no livro de mesmo nome do autor Michael Dobbs, cuja experiência política no governo de Margaret Thatcher favoreceu o conteúdo do livro.

O livro House of Cards foi publicado em 1989 no Reino Unido e virou série televisiva em 1990 para a televisão britânica. No Brasil, o livro foi publicado em 2014 pela Editora Benvirá com tradução de Luis Reyes Gil.

O livro remonta os aspectos sombrios da política britânica e tem como protagonista Francis Urquhart. Francis é um político astuto que age nos bastidores buscando informações sigilosas de seus inimigos.

A busca pelo poder é tramada minuciosamente sem alardes e com pitadas de bom mocinho. Líder da bancada do Partido Conservador, o seu maior objetivo é ocupar o cargo do recém-eleito, Primeiro Ministro Henry Collingridge.

“Mentir sobre a própria força é a marca da liderança; mentir sobre os próprios erros, a marca da política.”

Francis é um político ambicioso que não mede esforços para alcançar o seu objetivo. Alianças são criadas, dentro e fora da política, para conseguir ser Primeiro Ministro.

Nessa esteira, uma Jornalista é uma potencial aliada em suas tramas, Mattie Storin, que ávida pelo seu trabalho possui uma ambição pela carreira igualmente perigosa.

Vazamento de provas, provas forjadas, promessas por novos cargos, enfim, tudo isso nos parece familiar no contexto da política brasileira, aliás, num Twitter postado pela Netflix os produtores disseram que a política nacional era difícil competir com ela.

É uma leitura interessante para conhecer os bastidores da política e imaginar as várias tramas que acontecem para a manutenção do poder. É um ambiente perigoso e cheio de tramóias. A política não é para amadores.

 

DNA do autor Michael Dobbs

Michael Dobbs nasceu no dia 14 de novembro de 1948 em Cheshunt , Hertfordshire. Graduou-se em Oxford em 1971. Foi para os Estados Unidos e voltou em 1977 após o término de seu doutorado.

Ingressou no Partido Conservador em 1977 no qual foi conselheiro de Margaret Thatcher, que era líder de oposição. Foi um importante político na Inglaterra. Em agosto de 2014 foi uma das 200 pessoas públicas signatárias de uma carta ao The Guardian que era contrário à independência escocesa.

Com toda experiência adquirida na política Michael Dobbs começou na carreira literária em 1989 com a publicação de House of Cards que mais tarde se tornaria uma trilogia.

Em 1990, House of Cards, foi transformada numa minissérie televisiva premiada no Reino Unido. A Netflix fez uma versão americana baseada no primeiro romance de Dobbs.

 

 

 

Recomendado para leitura

Sim, é uma obra recomendável pelo prazer de leitura que oferece. O livro é um pouco diferente da séria americana, no entanto, a sua essência é a mesma, ou seja, a busca pelo poder.

Essa diferença é o que torna esse livro recomendável para leitura. Para saber mais leia o livro e discuta aqui no Blog as suas impressões. Até a próxima.

 

Capa

 

Capa-House-of-Cards RESENHA | House of Cards de Michael Dobbs - Editora Benvirá

 

Título: House of Cards

Autor: Michael Dobbs

Tradução: Luis Reyes Gil

ISBN: 9788582401163

Páginas: 336

Editora: Benvirá

Nota Skoob: 4,2

 

Wilson-Brancaglioni-.png- RESENHA | House of Cards de Michael Dobbs - Editora Benvirá

 

 

 

Comments

comments