Comic Con Experience Brasil 2015 – CCXP foi épico

Comic Con San Diego

Comic Con Experience Brasil, diferente da Comic Con San Diego, começou gigante. Comic Con San Diego no início era apenas um evento que abordava revistas em quadrinhos. Uma feira de compra venda e troca de quadrinhos usados. E no ano de 1970 trezentos vendedores realizaram uma convenção em San Diego entre eles estavam  ShelDorf, Richard Alf, Ken Krueger, e Mike Towry.

A Comic Con San Diego ficou muito conhecida atraindo diversos fãs que buscavam a interação com outros Nerds e seus ídolos no mundo das HQs, chegando a atrair mais de 140.000 mil pessoas na edição de 2009.

São quatro dias de pura magia realizada durante o verão americano no Centro de Convenções de San Diego, Califórnia. Originalmente era um evento que abordava apenas Quadrinhos e Ficção Científica, porém, com o passar do tempo outros temas da cultura pop foram inclusos e vários gêneros destacados incluindo manga, brinquedos, colecionáveis, horror, animação e fantasia.

Após o crescente sucesso, a Comic Con foi transferida para um lugar maior e o Centro de Convenções de San Diego foi o local escolhido, e de acordo os organizadores o impacto econômico é de US$ 180 milhões. O logotipo da convenção foi projetado por Richard Bruning e Josh Beatman em 1995.

 

Comic Con San Diego - Comic Con Experience Brasil

Comic Con Expience Brasil

Na segunda edição do evento que aconteceu entre os dias 3 e 6 de dezembro mostrou que o Brasil é capaz de organizar eventos de grande porte. A CCXP (Comic Con Experience Brasil) atraiu mais de 120 mil pessoas num espaço de 55 mil metros quadrados.

Evento Épico, é pouco para descrever essa convenção, afinal, é apenas a segunda edição no Brasil e diferente do que aconteceu no ano passado que atraíram poucos nomes de peso esse ano nomes importantes estiveram no evento. Convidados como Frank Miller, Adam Sandler, Misha Collins, Taylor Lautner, Evangeline Lilly e David Tennant fizeram a festa com os fãs mais fervorosos.

Os painéis estavam concorridos. Alguns fãs chegaram no dia anterior para não perder o melhor. Os painéis mais concorridos foram Capitão América: Guerra Civil e Star Wars: O Despertar da Força.

A variedade de produtos Nerds estava à altura do evento, porém, os preços eram assustadores. A organização de maneira geral estava bem estruturada desde a praça de alimentação até a fila dos banheiros que apesar de cheios não causavam nenhum problema.

 

Estante do Wilson na CCXP 2015 (Comic Con Experience Brasil)

A credencial foi comprada no dia 23 de julho e a expectativa só foi crescendo ao longo do ano, afinal, nomes importantes eram divulgados e as atrações destacadas nos meios publicitários. O valor total pago foi de R$ 130,47 para meia-entrada, pois adquiri com a açãode doação de um livro. O livro doado foi Ascensão da Força Sombria do Thimothy Zahn – Editora Aleph.

Recebi a credencial em meados de novembro tudo conforme explicado no site http://www.ccxp.com.br/, ou seja, a organização se mostrava competente na venda e organização dos ingressos.

Durante o ano procurei saber mais sobre o evento e a minha preocupação estava latente, pois todos mencionavam filas e mais filas. Lembrei da http://www.bienaldolivrosp.com.br/ que foi traumática pra mim, fiquei apenas trinta minutos lá na Bienal do Livro.

As filas e desorganização na Bienal do Livro foram latentes e foi nessa vibe que a CCXP (Comic Con Experience) estava na minha cabeça. Chegou o grande dia, 05 de dezembro de 2015, e a expectativa era uma mistura de preocupação e ansiedade para encontrar o melhor evento de todos os tempos.

Cheguei lá na Comic Con Experience Brasil no início da tarde do dia 05 de dezembro e a organização se mostrava logo na ida. Com ônibus de qualidade e ar condicionado e muita gente bonita. Fiquei maravilhado com tamanha organização do evento mais Épico da America Latina. A CCXP (Comic Con Experience Brasil) mostrou que o país é capaz de organizar eventos de grande porte.

Tirei várias fotos. Os stands estavam organizados e com muita coisa para quem gosta de HQs, Colecionáveis, Livros, Miniaturas, enfim, tudo do universo Nerd.

 

Curiosidade Comic Con Experience Brasil

Sou fã do Timothy Zahn autor da trilogia Thrawn e não fui na expectativa de pegar seu autógrafo, afinal, não estava preparado para enfrentar desafios enormes para tirar fotos e pegar autógrafos. Andando pela praça de alimentação eis que encontro Timothy Zahn na fila para comprar algo para comer.

Comic Con Experience Brasil - Timothy Zahn

 

Não acreditei no que vi até que um rapaz pegou seus livros e foi até ele pegar um autógrafo. Não perdi a oportunidade de tirar uma foto com ele. Sorte de principiante. Ganhei o meu dia.

 

Cosplay na CCXP (Comic Con Experience Brasil) 

Cosplay é uma caracterização de pessoas que se vestem com seus personagens favoritos. Durante uma Worldcom em 1939, Forrest J. Ackerman e Myrtle R usaram pela primeira vez uma fantasia do filme de 1936 chamado “Things to Come”.

No Brasil em meados da década de 1980 as convenções de Jornada nas Estrelas e RPG os fãs já se fantasiavam com seus personagens favoritos, no entanto, o termo Cosplay não era tão difundido.

A palavra Cosplay só foi difundida tempos depois e é uma abreviação para Costume Play – costume: roupa, traje, fantasia e play: atuar, ou seja, o Cosplayer se caracteriza com seu personagem favorito para representá-lo ou homenageá-lo. Uma grande diversão.

 

 

 

E na Comic Con Experience Brasil não foi diferente, pois havia muitos personagens e amantes da cultura Nerd. Os preparativos para a CCXP 2016 já começaram e o blog Estante do Wilson estará no maior evento Épico da America Latina. 2016 vai ser Épico. CCXP_Agenda2015 e saiba o que aconteceu em 2015 e se prepare para 2016. #CCXP2016.

 

 

Até o próximo CCXP (Comic Con Experience Brasil 2016)