Carlos Heitor Cony, Escritor e Jornalista, Morre aos 91 anos

Carlos Heitor Cony

Carlos Heitor Cony, escritor e jornalista, morre aos 91 anos na última sexta-feira (5) em decorrência de falência múltipla dos órgãos. Cony era membro da Acadêmia Brasileira de Letras desde o ano 2000. Ele estava internado no Hospital Samaritano do Rio de Janeiro.

Por meio de um escrito que foi lavrado em cartório, Carlos Heitor Cony reservou o seu velório e enterro reservado para os familiares e em decorrência disso os horários e locais não foram divulgados a imprensa.

Segundo a sua esposa, Rosa Gonçalves, Cony dispensou o ritual da ABL (Acadêmia Brasileira de Letras). O corpo de Cony será cremado na próxima Terça-Feira no Memorial do Carmo, Rio de Janeiro.

“Ele era muito reservado e tímido. Por isso, faço um apelo para que a imprensa se conforme com a escassez de informação”, afirmou Rosa Gonçalves

Carlos Heitor Cony era comentarista da CBN e Colunista da Folha de São Paulo. Publicou inúmeros romances, bem como crônicas, ensaios e peças de teatro. O primeiro romance publicado foi O Ventre”, de 1958, depois “A Verdade de Cada Dia” e “Tijolo de Segurança”.

Sua carreira passou pelo jornalismo e em 1958 estreou no Jornal do Brasil e tempos mais tarde foi redator do Correio da Manhã. Durante a Ditadura Militar foi preso algumas vezes e exilou-se por algum tempo em Cuba e na Europa.

 

Via UBIRATAN BRASIL, LEANDRO NUNES, GILBERTO AMÊNDOLA, FERNANDA NUNES E JOÃO LUIZ SAMPAIO, O Estado de S.Paulo

 

Comments

comments